Política

Governo Bolsonaro pede ao STF para que não seja obrigado a combater a fome

16 de Outubro de 2021 - Uol
[Governo Bolsonaro pede ao STF para que não seja obrigado a combater a fome]

O governo do presidente Jair Bolsonaro está disposto a brigar no Supremo Tribunal Federal (STF) para não precisar adotar políticas públicas de combate a fome ou retomar o auxílio emergencial no valor de R$ 600

A pedido da ONG Ação e Cidadania, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) protocolou Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) no STF no fim de setembro questionando a omissão do governo no combate à fome. Com isso, a entidade pediu que o tribunal obrigue a atual administração federal a adotar medidas para atenuar o crescimento da miséria no Brasil.

“Apesar de a situação de grave insegurança alimentar e quadro generalizado de fome não ser um problema novo no país, fato é que se agravou com a epidemia e com a atual gestão do governo federal, que vem incorrendo em graves omissões e retrocessos em políticas públicas de combate à miséria e garantia do direito à alimentação”, afirmou o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, na ação.

Nesta sexta-feira (15), a Advocacia-Geral da União (AGU) apresentou parecer pedindo a rejeição da ADPF. A AGU alega que Bolsonaro tem trabalhado contra a fome mesmo com “limitações orçamentário-financeiras existentes”. “A não concordância com a legislação e regulamentos postos ou com a atuação da Administração Pública não é demonstrar que estaestaria agindo em descumprimento ao ordenamento jurídico vigente”, defendeu a AGU.

Retorno da fome no Brasil de Bolsonaro

O retorno da fome ao país já é uma realidade. Estão cada vez mais comuns cenas de brasileiros recorrendo a ossos e outras partes do boi que seriam descartadas para se alimentar. Um indicador da Conab estima que o consumo de carne (bovina, suína, de peixes, de aves) será o menor no Brasil dos últimos 25 anos.

A inflação registrada somente em relação às carnes frescas, no período de julho de 2020 a junho de 2021, foi de 38%, segundo o acumulado do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Relatório da FAO, organismo da ONU para alimentação e a agricultura, divulgado em julho revelou ainda que dobrou o número de brasileiros que passam fome desde 2018.

Em live, Bolsonaro chegou a admitir que a comida era mais barata nos governos Lula e Dilma Rousseff.

Comentários

Outras Notícias

[Tatá Werneck se irrita após Fiuk dizer que “Lady Night” saiu do roteiro: “Tomar no c…”]
Fofoca

Tatá Werneck se irrita após Fiuk dizer que “Lady Night” saiu do roteiro: “Tomar no c…”

05 de Dezembro de 2021

O pedido de desculpas de Fiuk para a humorista Tatá Werneck pelo “climão” ocorrido durante entrevista para o “Lady Night” não saiu como esperado.

[Bombeiros encontram corpo em praia no Rio Vermelho]
Bahia

Bombeiros encontram corpo em praia no Rio Vermelho

05 de Dezembro de 2021

Uma das equipes de buscas do Grupamento Marítimo (Gmar) encontrou um corpo na praia do Rio Vermelho, em Salvador, na manhã deste domingo (5).

[Covid-19: 80% das mortes e internações no Brasil são de não vacinados]
Brasil

Covid-19: 80% das mortes e internações no Brasil são de não vacinados

05 de Dezembro de 2021

Apesar das tentativas de negacionistas de provar o contrário, vacinas salvam vidas, principalmente quando falamos sobre a Covid-19, que vitimou milhares de pessoas no Brasil.

[Aldo vence Rob Font por decisão unânime e emplaca 3ª vitória consecutiva]
Esportes

Aldo vence Rob Font por decisão unânime e emplaca 3ª vitória consecutiva

05 de Dezembro de 2021

O brasileiro José Aldo segue traçando novamente o caminho em busca do cinturão.

[Fortes chuvas suspendem programação dos Largos do Pelourinho neste domingo]
Bahia

Fortes chuvas suspendem programação dos Largos do Pelourinho neste domingo

05 de Dezembro de 2021

Programado para acontecer neste domingo (5), os eventos dos Largos do Pelourinho foram suspensos em decorrências das fortes chuvas que caem em Salvador. A informação foi confirmada pelo governo do estado.

[Codesal registra mais de 29 ocorrências por conta das fortes chuvas neste domingo]
Bahia

Codesal registra mais de 29 ocorrências por conta das fortes chuvas neste domingo

05 de Dezembro de 2021

Mais de 29 solicitações foram registradas na Defesa Civil de Salvador (Codesal), até às 12h deste domingo (5). Isso se deve as fortes chuvas que caiu na capital baiana.