Brasil

Quem ofertar ou vender bebida alcoólica em estádios pode ser punido

12 de Novembro de 2019 -Redação Pernambués agora
[Quem ofertar ou vender bebida alcoólica em estádios pode ser punido]

O Estatuto do Torcedor (Lei 10.671, de 2003) poderá punir duramente quem oferecer, armazenar, distribuir ou vender bebida alcoólica no interior de estádios

Essa é a intenção do projeto de lei (PL) 3.788/2019, que estabelece aos infratores pena de reclusão de dois a quatro anos, mais multa e impedimento de o condenado ir a qualquer evento esportivo ou até se deslocar para as proximidades do estádio pelo prazo de dois a quatro anos. A Comissão de Educação (CE) aprovou parecer favorável à proposta nesta terça-feira (12).
O projeto, do senador Eduardo Girão (Podemos-CE), traz outras mudanças ao Estatuto do Torcedor. No artigo que trata do crime de promover tumulto, praticar ou incitar a violência em espaços esportivos, a proposta sugere o aumento da pena — hoje estipulada em um a dois anos de reclusão — para um a três anos de reclusão, mais multa. E ainda estabelece que a pena será aumentada em um terço se quem o cometeu estiver sob efeito de álcool ou outra substância psicoativa que leve a dependência.
O PL 3.788/2019 também revisou — para cima — o ponto inicial da pena alternativa à reclusão neste caso. O juiz poderá converter a pena privativa de liberdade pelo impedimento do transgressor de comparecer às proximidades do estádio ou a qualquer lugar de realização de evento esportivo pelo prazo de um ano a três anos.
Hoje, esse afastamento tem duração de três meses a três anos. A adoção de uma punição mais branda leva em conta a gravidade da conduta, na hipótese de o criminoso ser primário, ter bons antecedentes e não ter sido punido anteriormente pela mesma motivação.
Por fim, o projeto agrega detalhes ao artigo da Lei 10.671, de 2003, que dispõe sobre as condições de acesso e permanência nos estádios. Nesse particular, proíbe não só o porte, mas também, expressamente, o consumo de bebidas alcoólicas — hoje só são mencionadas bebidas.
“Entendemos que essas medidas são primordiais para a contenção do crescente quadro de violência que hoje permeia o futebol brasileiro”, afirmou Girão, que foi presidente do Fortaleza Esporte Clube, na justificação do projeto.
No parecer favorável à proposta, o relator, senador Plínio Valério (PSDB-AM), reconheceu que notícias sobre confrontos envolvendo pessoas alcoolizadas em eventos esportivos — sobretudo em estádios de futebol — têm sido cada vez mais frequentes.
“Brigas generalizadas, dentro e no entorno dos estádios, que colocam em risco a segurança dos torcedores e do espetáculo. Com essas medidas, espera-se que todo torcedor possa ter garantidas segurança e tranquilidade para frequentar os estádios de prática esportiva em todo o território nacional”, concluiu Plínio.

Comentários

Outras Notícias

[Boxeadora baiana Beatriz Ferreira foi eleita a melhor atleta de 2019 no Prêmio Brasil Olímpico]
Esportes

Boxeadora baiana Beatriz Ferreira foi eleita a melhor atleta de 2019 no Prêmio Brasil Olímpico

11 de Dezembro de 2019

A baiana Beatriz Ferreira foi eleita a melhor atleta de 2019 no Prêmio Brasil Olímpico, em cerimônia realizada na última terça-feira (10), pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro

[Transalvador desativa 22 vagas da Zona Azul no Terreiro de Jesus]
Bahia

Transalvador desativa 22 vagas da Zona Azul no Terreiro de Jesus

11 de Dezembro de 2019

Os condutores deve adquiri os tíquetes através dos operadores ou pelo aplicativo da Zona Azul Digital

[Vazamento de esgoto revolta moradores de Plataforma]
Denúncia

Vazamento de esgoto revolta moradores de Plataforma

11 de Dezembro de 2019

Um vazamento de esgoto na Terceira Travessa da Aurora, no bairro de Plataforma, vem causando revoltas a quem transita e reside por lá

[Postes e lâmpadas são trocados na Boca do Rio após denúncia]
Bahia

Postes e lâmpadas são trocados na Boca do Rio após denúncia

11 de Dezembro de 2019

Operação para a troca de postes, fiação e lâmpadas está sendo realizada

[Mais de 120 mil beneficiários do Bolsa Família de SSA precisam regularizar situação na SMS]
Bahia

Mais de 120 mil beneficiários do Bolsa Família de SSA precisam regularizar situação na SMS

11 de Dezembro de 2019

A SMS também destaca que pouco mais de 44% dos 229 mil beneficiários que residem no município compareceram às unidades de saúde até o momento

[Ocupantes protestam contra corte de energia no antigo Hospital Couto Maia]
Bahia

Ocupantes protestam contra corte de energia no antigo Hospital Couto Maia

11 de Dezembro de 2019

Um grupo formado por dezenas de famílias sem-teto protesta contra corte de energia no antigo Hospital Couto Maia, na manhã desta quarta-feira, 11, no bairro do Monte Serrat, em Salvador.