Educação

Suíca contesta palestrante: “É servidor público ou presidente de rede de consumo?”

08 de Outubro de 2019 -ASCOM
[Suíca contesta palestrante: “É servidor público ou presidente de rede de consumo?”]

O vereador de Salvador Luiz Carlos Suíca (PT) contestou, nesta terça-feira (8), o que chamou de “enganação” e “balbúrdia” a palestra do presidente da Rede de Consumo Seguro e Saúde, Gustavo Figueiredo Mercês

Inicialmente, Gustavo trataria da preocupação com a qualidade de brinquedos, visando o Dia das Crianças (12 de outubro), mas ao invés disso passou a defender a secretária de Políticas para Mulheres (SPMJ), Rogéria Santos no processo de eleição dos novos conselheiros tutelares na capital. 

“Não entendi o que, de fato, ele foi fazer na Câmara na última segunda [7]. Também não sei dizer se é servidor público ou presidente da rede de consumo. Foi uma enganação e diria até um fato confuso, uma balbúrdia”, dispara o edil.  De acordo com o petista, é de se estranhar que um dia após as eleições dos Conselhos Tutelares, diante de tantas denúncias, uma pessoa use a tribuna da Casa para defender um processo cheio de erros. “É curioso, preocupante e diria até ultrajante. É como se os vereadores fossem um grupo de leigos”, frisa.

Ainda conforme o vereador petista, Gustavo esteve envolvido na operação que selecionou os servidores que atuaram na eleição do domingo. “Dezenas de ausências motivou colocar até três urnas para apenas dois mesários atenderem. No domingo estava na apuração e na segunda vem como representante de uma rede de consumo e faz defesa das fragilidades causadas pela secretária municipal. Precisamos saber qual a função e a lotação é que nuvem de fumaça está sendo jogada para esconder o óbvio”.

Para Suíca, é preciso apurar o caso com rigor e denunciar o uso irregular da máquina pública durante o processo de eleição. “O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente [CMDCA], por exemplo, solicitou a atuação da Guarda Municipal para que os eleitores tivessem maior segurança nos locais de votação e não foi atendido. Isso é vergonhoso”, completa. O petista ainda diz que a prática de boca de urna foi generalizada durante as eleições. “Chega a ser um afronto. Até ônibus foi utilizado para transportar eleitores no domingo”.
 

Comentários

Outras Notícias

[Sertão do São Francisco receberá maior volume de investimentos em 2020]
Bahia

Sertão do São Francisco receberá maior volume de investimentos em 2020

18 de Fevereiro de 2020

O território Sertão do São Francisco, que inclui cidades como Casa Nova, Juazeiro, Sento Sé e Sobradinho, receberá a maior fatia de investimentos assinados no ano passado para esse ano de 2020. Devem ser gerados, neste ano, quase 2 mil postos de trabalho.

[Flávio Bolsonaro posta vídeo de Adriano da Nóbrega morto e acusa PM-BA de tortura]
Política

Flávio Bolsonaro posta vídeo de Adriano da Nóbrega morto e acusa PM-BA de tortura

18 de Fevereiro de 2020

O senador Flávio Bolsonaro publicou nas suas redes sociais um vídeo em que o corpo do miliciano Adriano da Nóbrega e exposto após sua morte, em operação policial na Bahia, na semana passada.

[Petroleiros indicam continuação da greve, após TST considerar movimento ilegal]
Brasil

Petroleiros indicam continuação da greve, após TST considerar movimento ilegal

18 de Fevereiro de 2020

Em greve desde o dia primeiro deste mês, os petroleiros avaliam um posicionamento em resposta à decisão monocrática do ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Ives Gandra, que considerou a paralisação abusiva e ilegal.

[Coronavírus leva a 'êxodo' dos times da China]
Esportes

Coronavírus leva a 'êxodo' dos times da China

18 de Fevereiro de 2020

O surto de coronavírus que atinge a China tem causado indecisão no futebol local.

[Paulo Carneiro é multado e suspenso por ofensas a árbitro]
Esportes

Paulo Carneiro é multado e suspenso por ofensas a árbitro

18 de Fevereiro de 2020

O dirigente rubro-negro foi enquadrado no artigo 243-F, que trata de ofender alguém em sua honra por fato relacionado diretamente ao esporte. Ele foi suspenso por 30 dias e terá que pagar multa de R$ 15 mil.

[Polícia Civil realiza ações para o respeito às mulheres no Carnaval]
Bahia

Polícia Civil realiza ações para o respeito às mulheres no Carnaval

18 de Fevereiro de 2020

O público recepcionou a iniciativa da Polícia Civil contra o crime de Importunação Sexual com a campanha “Eu respeito o seu não” no Furdunço e no Shopping da Bahia