Cultura

* 1ª edição: Reggae O Bloco leva ritmo para Pernambués*

16 de Dezembro de 2019 -Redação Pernambués agora
[* 1ª edição: Reggae O Bloco leva ritmo para Pernambués*]

Cerca de 200 pessoas tomaram conta do evento ao som do Reggae

Por: Mara Silvany

Uma grande novidade do Bloco é o Reggae Itinerante, projeto idealizado por Albino Apolinário, que tem o apoio do vereador Luiz Carlos Suíca (PT). Lançando sua 1ª edição no bairro de Pernambués, neste domingo (15), na rua das Flores, o projeto levou cerca de 200 pessoas para dançar e curtir o som de Jaiminho do Reggae, Maico Rasta Selecta, Bruno Natty, DJ Ras Péu e convidados. Também houve o Paredão do Reggae, montado na entrada da rua.
Em entrevista ao Site Pernambués Agora, Apolinário disse que é um evento do resgate do reggae em Salvador. “Quando os bailes e praças de reggaes fecharam no Pelourinho, ‘o público ficou órfão do estilo’. Então, tive a ideia de fazer esse projeto Reggae Itinerante com um ritmo discotecado, através dos paredões, para desempenhar a cultura que tínhamos no Pelô, onde já reunimos aproximadamente 3 mil pessoas. Senti a necessidade de levar o reggae do Pelourinho para as comunidades dos bairros de Salvador", pontua.
Ainda em conversa com o site, Apolinário agradece o apoio do vereador Suíca. “Esse projeto vai crescer ainda mais com o apoio do vereador Luiz Carlos Suíca, que é sensível ao reggae e já teve um bloco com o mesmo ritmo no Sindilimp, no qual o vereador faz parte. Suíca é da comunidade, é negro e gosta da música negra”, concluiu.
Albino destaca que o Bloco Itinerante será realizado em outros locais da cidade como a Baixa de Manu, Lavagem do Bonfim, região da Preguiça, no Comércio, no Bar de Paulo Rasta, além de atividades em São Brás e outros bairros.

A História 

Considerado como o segundo gênero musical mais ouvido no mundo, o reggae vem transformando o comportamento das pessoas. Fundada em 10 de novembro de 1998, a Associação  Comunitária Alzira do Conforto (ACAC) surgiu com objetivo de dar continuidade aos trabalhos ligados ao reggae, tanto na área de entretenimento como na social, a fim de levar musicalidade à população baiana.
O Reggae vem transformando o comportamento de indivíduos, trazendo a consciência de cidadania, elevando assim a sua autoestima.
O estilo jamaicano aportou na Bahia na década de 80 e logo sofreu modificações, transformando-se em um reggae genuinamente baiano, influenciando o Axé Music e o tradicional Samba Reggae, musicalidade oriunda dos blocos afros baianos.
Iniciado com eventos na Praça do Reggae, no Pelourinho, a Banda Papoula e Reggae o Bloco resolveram formar uma parceria com o objetivo de levar o ritmo a eventos de caráter carnavalesco. Os desfiles ocorreram entre os carnavais de 2005 à 2020, sempre saindo na quinta-feira de Carnaval, com média de 700 foliões. A prioridade sempre foi dada às bandas nacionais e locais para fomento da cultura reggae.

Comentários

Outras Notícias

[Suíca lamenta esvaziamento da Mudança do Garcia]
Bahia

Suíca lamenta esvaziamento da Mudança do Garcia

24 de Fevereiro de 2020

Frequentador assíduo da Mudança do Garcia, manifestação popular tradicional das segundas-feiras do Carnaval de Salvador, o vereador Luiz Carlos Suíca (PT) lamentou o esvaziamento da festa este ano, o que atribuiu à falta de uma coordenação comum, com a participação dos diversos setores envolvidos

[Diretor da Arsal anuncia aumento de tarifa na passagem de ônibus]
Bahia

Diretor da Arsal anuncia aumento de tarifa na passagem de ônibus

24 de Fevereiro de 2020

O deretor-presidente da Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos (Arsal), Almir Melo, anunciou nesse domingo (23) o novo preço das passagens de ônibus

[Cerca de 100 crianças se divertem com bailinho em centro de acolhimento]
Bahia

Cerca de 100 crianças se divertem com bailinho em centro de acolhimento

24 de Fevereiro de 2020

A tarde desta segunda-feira (24) foi recheada de brincadeira, música, fantasia e diversão com o bailinho infantil do Centro de Acolhimento, Aprendizagem e Convivência (CAAC) da Escola Municipal Osvaldo Cruz, no Rio Vermelho

[Circuito Mestre Bimba faz Nordeste de Amaralina ferver no Carnaval]
Bahia

Circuito Mestre Bimba faz Nordeste de Amaralina ferver no Carnaval

24 de Fevereiro de 2020

Na Rua Mestre Bimba, que dá nome a um dos circuitos carnavalescos de Salvador, no Nordeste de Amaralina, diversas famílias acompanham o vai e vem dos minitrios

[Suíca critica concentração do carnaval na Barra e falta de patrocínio de marcas a blocos afros]
Bahia

Suíca critica concentração do carnaval na Barra e falta de patrocínio de marcas a blocos afros

23 de Fevereiro de 2020

O esvaziamento do circuito Campo Grande e a falta de patrocínio de grandes marcas a blocos afros foram críticas do vereador Luiz Carlos Suíca (PT), neste domingo (23) de carnaval, em Salvador

[Suíca critica aumento da tarifa de ônibus em Salvador durante carnaval no Nordeste de Amaralina]
Economia

Suíca critica aumento da tarifa de ônibus em Salvador durante carnaval no Nordeste de Amaralina

23 de Fevereiro de 2020

“Um acordo entre a prefeitura e empresários. O aumento da tarifa é abusivo e não representa a atual realidade do país, do estado e do município, que lidera os índices de desemprego”