Política

Psol pede afastamento imediato de Wajngarten na Justiça

16 de Janeiro de 2020 -Redação Pernambués agora
[Psol pede afastamento imediato de Wajngarten na Justiça]

O Psol protocolou nesta quinta-feira (16) uma ação popular na Justiça do Distrito Federal solicitando a revogação imediata da nomeação do chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom) Fábio Wajngarten e de seu secretário especial adjunto, Samy Liberman

A sigla também pede a anulação de todos os atos assinados ppor Wajngarten no cargo.

A ação é assinada por Ivan Valente, líder da bancada do Psol na Câmara, e Juliano Medeiros, presidente nacional do partido.

Para os parlamentares, Wajngarten cometeu irregularidades ao receber dinheiro de emissoras e agências contratadas pelo governo Bolsonaro através da empresa FW Comunicação e Marketing, da qual tem 95% das ações, conforme denúncia realizada pela Folha de S.Paulo. De acordo com a reportagem, emissoras como Record e Band pagam pelo serviço de “Controle da Concorrência” à empresa do chefe da Secom.

“Resta evidente que a nomeação do Sr. Fabio Wajngarten para a Secom reflete o predomínio de interesses privados sobre o interesse público, visto ser a garantia de que alguém com relações comerciais com empresas televisivas seja nomeada justamente para a área onde as verbas do Palácio do Planalto são destinadas. E a nomeação de Samy Liberman para ser seu imediato só reforça que os interesses privados estão totalmente entrelaçados com o interesse público”, diz o partido na ação.

Para o partido, “o caso é uma evidente afronta à Lei de Conflito de Interesses” – a Lei nº 12.813, de 16 de maio de 2016, dispõe sobre o conflito de interesses no exercício de cargo ou emprego do Poder Executivo federal e impedimentos posteriores ao exercício do cargo ou emprego.

A lei proíbe integrantes da cúpula do governo de manter negócios com pessoas físicas ou jurídicas que possam ser afetadas por suas decisões. Além de conflito de interesses, a prática pode configurar ato de improbidade administrativa, se demonstrado o benefício indevido.

Nesta quinta-feira (16), ao comentar o caso, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que vai manter Wajngarten no cargo. “Se for ilegal, a gente vê lá na frente”, declarou.

Comentários

Outras Notícias

[Suíca lamenta esvaziamento da Mudança do Garcia]
Bahia

Suíca lamenta esvaziamento da Mudança do Garcia

24 de Fevereiro de 2020

Frequentador assíduo da Mudança do Garcia, manifestação popular tradicional das segundas-feiras do Carnaval de Salvador, o vereador Luiz Carlos Suíca (PT) lamentou o esvaziamento da festa este ano, o que atribuiu à falta de uma coordenação comum, com a participação dos diversos setores envolvidos

[Diretor da Arsal anuncia aumento de tarifa na passagem de ônibus]
Bahia

Diretor da Arsal anuncia aumento de tarifa na passagem de ônibus

24 de Fevereiro de 2020

O deretor-presidente da Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos (Arsal), Almir Melo, anunciou nesse domingo (23) o novo preço das passagens de ônibus

[Cerca de 100 crianças se divertem com bailinho em centro de acolhimento]
Bahia

Cerca de 100 crianças se divertem com bailinho em centro de acolhimento

24 de Fevereiro de 2020

A tarde desta segunda-feira (24) foi recheada de brincadeira, música, fantasia e diversão com o bailinho infantil do Centro de Acolhimento, Aprendizagem e Convivência (CAAC) da Escola Municipal Osvaldo Cruz, no Rio Vermelho

[Circuito Mestre Bimba faz Nordeste de Amaralina ferver no Carnaval]
Bahia

Circuito Mestre Bimba faz Nordeste de Amaralina ferver no Carnaval

24 de Fevereiro de 2020

Na Rua Mestre Bimba, que dá nome a um dos circuitos carnavalescos de Salvador, no Nordeste de Amaralina, diversas famílias acompanham o vai e vem dos minitrios

[Suíca critica concentração do carnaval na Barra e falta de patrocínio de marcas a blocos afros]
Bahia

Suíca critica concentração do carnaval na Barra e falta de patrocínio de marcas a blocos afros

23 de Fevereiro de 2020

O esvaziamento do circuito Campo Grande e a falta de patrocínio de grandes marcas a blocos afros foram críticas do vereador Luiz Carlos Suíca (PT), neste domingo (23) de carnaval, em Salvador

[Suíca critica aumento da tarifa de ônibus em Salvador durante carnaval no Nordeste de Amaralina]
Economia

Suíca critica aumento da tarifa de ônibus em Salvador durante carnaval no Nordeste de Amaralina

23 de Fevereiro de 2020

“Um acordo entre a prefeitura e empresários. O aumento da tarifa é abusivo e não representa a atual realidade do país, do estado e do município, que lidera os índices de desemprego”